9 de mai de 2012


 OS NÙMEROS
Objetivos: Conhecimentos Pessoais.
Material: Cartões com números diferentes.
Desenvolvimento: Cada mãe recebe um número que não deve ser mostrado para ninguém.
Dada a ordem, cada uma vai procurar o número igual ao seu e não acha.
Comentam-se as conclusões: a mãe é única e insubstituível.

CUMPRIMENTAR AS MÃES
Participantes: Indefinido.
Tempo Estimado: 25 minutos.
Matéria: Musica animada.
Descrição: Orientador explica ao grupo de mães que quando a música tocar todas deverão mover-se pela sala de acordo com o ritmo da mesma. A cada pausa musical, congelar o movimento e prestando atenção a solicitação que será feita pelo orientador. Quando a música recomeçar atender a solicitação feita.
Orientador pedirá formas variadas de cumprimento corporal a cada parada musical.
Exemplo:
-Com as palmas das mãos;
-Com os ombros;
-Com os cotovelos;
-Com as costas;
-Com os joelhos;
-Com os pés;
Após vários tipos de cumprimento, ao perceber que se estabelece no grupo um clima alegre e descontraído, orientador diminui a música pausadamente, pedindo a cada pessoa que procure um lugar na sala para estarem de pé, olhos fechados, esperando que a respiração volte ao normal. Abrir os olhos, olhar as companheiras e sentar.
Comentar o exercício:
-O que foi mais difícil executar? Por quê?
-O que mais gostou?
-O que pode observar?

JOGO COMUNITÁRIO
Material: uma flor.
Desenvolvimento: os participantes sentam-se em círculo e o animador tem uma flor na mão. Diz para a pessoa que está à sua esquerda: senhora... (diz o nome da pessoa), receba esta flor que o senhora...(diz o nome da pessoa da direita) lhe enviou...
E entrega a flor. A pessoa seguinte deve fazer a mesma coisa. Quem trocar ou esquecer algum nome passará a ser chamado pelo nome de um bicho. Por exemplo, gata. Quando tiverem que se referir a ela, as suas vizinhas, em vez de dizerem seu nome, devem chamá-la pelo nome do bicho.
O animador deve ficar atento e não deixar as participantes entediadas. Quanto mais rápido se faz à entrega da flor, mais engraçado fica o jogo.
Esta dinâmica é muito boa para realizar com as mães da turma.

CASAS DAS MÃES
Tempo Estimado: 40 minutos.
Material: Para essa dinâmica só é necessário um espaço livre para que as mães possam se movimentar.
Descrição: Dividir-se em grupos de três pessoas e deverá sobrar um. Cada grupo terá 2 paredes e uma moradora. As paredes deverão ficar de frente uma para a outra e dar as mãos (como no túnel da quadrilha da Festa Junina), o morador deverá ficar entre as duas paredes.
A pessoa que sobrar deverá gritar uma das três opções abaixo:
MORADORA!!! - Todos os moradores trocam de "paredes", devem sair de uma "casa" e ir para a outra. As paredes devem ficar no mesmo lugar e a pessoa do meio deve tentar entrar em alguma "casa", fazendo sobrar outra pessoa.
PAREDE!!! - Dessa vez só as paredes trocam de lugar, os moradores ficam parados. Obs: As paredes devem trocar os pares. Assim como no anterior, a pessoa do meio tenta tomar o lugar de alguém.
TERREMOTO!!! - Todos trocam de lugar, quem era parede pode virar morador e vice-versa. Obs: NUNCA dois moradores poderão ocupar a mesma casa, assim como uma casa também não pode ficar sem morador. Repetir até observar que há interesse dos participantes.

Conclusão: Como se sentiram os que ficaram sem casa? Os que tinham casa pensaram em dar o lugar ao que estava no meio?
 Sugestão: Quanto menor o espaço melhor fica a dinâmica, já que isso propicia várias trombadas. É muito divertido!!!
Com esta dinâmica as mamães se sentirão como os seus pequenos nas aulas de Ed. Física. Tenho certeza!!!

4 comentários:

Anônimo disse...

Amei... muito interessante... parabéns!!!

Luiz Alves disse...

boas dinamica

Anônimo disse...

gostei muito, vou aplicar no dia das mães em minha escola. Obrigada!

Professora Carminha disse...

Essas dinâmicas eu organizei e dei esses nomes há dois anos atrás, fico feliz em saber que já se espalhou pela net e estão sendo muito utilizadas pelo fato de estarem tendo muito proveito, com resultados positivos. Obrigada pela participação através dos comentários!

Postar um comentário