05/01/2011

DESENVOLVIMENTO DA CONSCIÊNCIA CORPORAL - Atividades

ATIVIDADES
Preparação:
Um ambiente amplo com colchonetes ou toalhas distribuídas pelo chão, uma para cada participante.
Músicas lentas ou sons da natureza.
É importante que as crianças se sentem à vontade, relaxadas e descontraídas.

1) EXPLORAÇÃO DO ESPAÇO
Caminhar lentamente, à vontade, de diferentes formas pela sala ao som da música.
Incentivar os participantes para:
  • Caminhar em diferentes planos: baixo, médio, alto;
  • Caminhar tentando perceber tudo o que tem na sala (parar a atividade e descrever o que perceberam);
  • Caminhar de olhos fechados, devagar, tentando não “atropelar” ninguém;
  • Caminhar olhando para um colega, até que ele perceba. Quando isto acontecer, olhar para outro colega (não toque nesta atividade);
Obs: Atividades feitas em silêncio, ouvindo o som da música e o som do deslocamento dos participantes.

2) DETETIVE
Livres pela sala, cada um escolhe um colega para observar, sem o outro saber.
O observado deve ser visto sempre de frente, pelo observador. Ao sinal da professora, escolher outro colega para observar.
Ao sinal de um apito, todos correndo deverão tocar na cintura do colega que observou.

3) BONECO
Em duplas, um é o boneco e o outro é o dono do boneco.
O boneco fica de pé o mais relaxado possível e o dono do boneco ‘explora’ todos os tipos de movimentos possíveis de todas as partes do corpo do boneco. Ex: movimentos dos braços, fazer o boneco sentar, deitar, quadrupedar, ajoelhar...
Após alguns minutos o boneco troca de função com o dono.

4)ESPELHO
Dois a dois, um de frente para o outro, começar colocando as mãos de um contra as do outro, tocando-se.
Um conduz (conforme combinação prévia) os movimentos, e o outro repete seguindo os movimentos como se fosse um espelho.
Podem ser realizados quaisquer movimento como flexões, inclinações, extensões em plano alto, médio e baixo (trocar as funções entre si).

5)CONDUZIDO
Duplas, um atrás do outro.
O colega da frente fica de olhos fechados, bem relaxado. O colega de trás conduz o da frente pelo ombro, para diferentes lugares da sala e em várias direções e sentidos.
O da frente deve relaxar e deixar-se levar, procurando perceber o movimento que o colega deseja que ele faça.

6)SOLTURA
Em duplas, um de frente para o outro.
Um dos colegas flexiona o tronco, com as pernas afastadas, o mais relaxado possível.
O outro colega começa a balançar partes do corpo do colega em posição de tronco flexionado: balança o braço direito, esquerdo, mão, cabeça, tronco.

7)DESCOBERTA
Todos deitados à vontade no chão da sala, olhos fechados.
Ao som de música lenta, relaxar bem e começar a se movimentar devagarinho da forma escolhida (caminhando, rastejando, engatinhando...), na sala, sem abrir os olhos.
Andar pela sala e procurar identificar pelo toque quem vai encontrando.

8)ENTRAR NA FIGURA
Duas crianças escolhidas criam uma ‘figura’ com o corpo.
Uma terceira criança passa por dentro da ‘figura’, por cima, se possível entra na figura, colocando-se a ela (da forma criada por ela).
Uma 4ª criança entra na figura, toca-a e se cola na mesma e assim por diante.
Esta figura pode se movimentar, se modificar, sem as crianças se soltarem.

9)FIGURAS GEOMÉTRICAS
Em grupos, cada grupo forma com seu corpo, uma figura geométrica.
O professor dá um sinal e diz triângulo-circulo, neste momento o grupo do triângulo toma a forma do circulo dentro do circulo e depois volta a forma original.

10)VIVENDO O BEBÊ
Cada participante deitado em posição de feto, dramatiza:
·        A criança ao nascer;
·        As posições e movimentos que a criança realiza nos primeiros dias;
·        Os ensaios do rastejar, engatinhar;
·        Os ensaios do caminhar e do subir escadas, do corre...

     12)MATERNIDADE
     Dois a dois, um representa o bebê e o outro o pai ou a mãe.
     Dramatizar situações de convívio na relação mãe/pai e criança: cuidados com higiene, amamentação, sono do bebê...

2 comentários:

Anônimo disse...

não era isso queria

Anônimo disse...

Muito bom, mesmo. Obrigado

Postar um comentário