20 de mai de 2012



ALUNOS AJUDANDO NA ORGANIZAÇÃO DA ROTINA
Os meus alunos da Pré-Escola aprenderam a ordem alfabética através da problemática como organizar a fila para o lanche e demais atividades do dia.
Foi assim, todos os dias era um problema para organização da fila, pois, todos queriam ser o primeiro para pegar na mão da Profe.
Então, propus o seguinte, vamos seguir a ordem do alfabeto. E o primeiro da fila será o ajudante do dia, uma criança do sexo feminino e uma do sexo masculino serão os ajudantes. Todos concordaram, então fomos em frente ao alfabeto de parede para entender a ordem alfabética.
Surgiu um problema, duas meninas começam com a letra (A). Fiz, caras e bocas, pedindo ajuda para resolver esta situação.
Todos, em frente ao alfabeto de parede tentando achar a solução. Escrevi o nome das meninas na lousa, Ágata e Ana, comparamos a letra inicial e riscamos, então, eles sugeriram comparar a segunda letra, eles observaram que o (G) vem antes do (N) no alfabeto e deram a solução quem vai à frente é a Ágata. E eu, Profe coruja, fiquei com estrela no olhar de tão feliz em perceber que meus alunos são capazes de resolver situações problemas como esta. Eu era apenas uma ouvinte e questionadora das sugestões levantadas pela turma, eles tem de 4 a 5 anos de idade, com tanta autonomia para decidir sobre a organização da turma. 
Resolvida a questão de quem é o primeiro da fila e os demais em que lugares ficarão. Agora é só fazer a fila e cantar “Eu Já sei Entrar na fila” e “Para Ouvir o Som do Mosquitinho”. È uma maravilha trabalhar com crianças organizadas e educadas.
Dias depois, fiz um balanço na árvore, nesta ocasião avaliei o quanto foi significativo para meus alunos à aprendizagem sobre a ordem alfabética.
Feito o balanço, todos queriam ser o primeiro, natural. Então uma das meninas sugeriu que fosse na ordem alfabética, no entanto, um coleguinha que faltou a algumas aulas, não conseguia entender porque ele era o último a se embolar.
Quando vi, cadê meus alunos, só estava no pátio à criança do balanço... Todos estavam em frente ao alfabeto de parede explicando para o colega a ordem alfabética e o motivo dele ser o último.
Gente eu achei o máximoooo!!!
Eu simplesmente levantei um problema e uns proporcionaram a aprendizagem para os outros.
 Isto é o que os meus teóricos favoritos expressam em suas pesquisas.
O conhecimento é construído através da interação do sujeito com o objeto e o meio – socioconstrutivismo – idéias piagetianas e vigotskyanas, que enfatizam a construção do conhecimento numa visão social, histórica e cultural.
Uma vez que, eu educadora tenho a função de propiciar situações para que o meu aluno construa seu sistema de significação, o qual, uma vez organizado na mente, será estruturado no papel ou oralmente.

0 comentários:

Postar um comentário