23 de mai de 2011

A IMPORTÂNCIA DA PSICOMOTRICIDADE



PSICOMOTRICIDADE

               “Psicomotricidade É a ciência que tem como objeto de estudo o homem através do seu corpo em movimento e em relação ao seu mundo interno e externo. Está relacionada ao processo de maturação, onde o corpo é a origem das aquisições cognitivas, afetivas e orgânicas. É sustentada por três conhecimentos básicos: o movimento, o intelecto e o afeto.
           
               Psicomotricidade, portanto, é um termo empregado para uma concepção de movimento organizado e integrado, em função das experiências vividas pelo sujeito cuja ação é resultante de sua individualidade, sua linguagem e sua socialização.”
 (Sociedade Brasileira de Psicomotricidade)

               A Psicomotricidade contribui de maneira expressiva para a formação e estruturação do esquema corporal e tem como objetivo principal incentivar a prática do movimento em todas as etapas da vida, por meio das atividades.


Psicomotricidade na Educação Infantil

Na Educação Infantil, a criança busca experiências em seu próprio corpo,
formando conceitos e organizando o esquema corporal.
A abordagem da Psicomotricidade irá permitir a compreensão da forma como
 a criança toma consciência do seu corpo e das possibilidades de se
 expressar por meio desse corpo, localizando-se no tempo e no espaço.
Desta forma, a Psicomotricidade é fundamental para que haja através do desenvolvimento
psicomotor a consciência dos movimentos corporais integrados e expressos com a emoção.

Algumas ações Psicomotoras...

         PICOTAR
         RECORTAR
         COLAR
         RASGAR COM OS DEDOS
         ESTAMPAR (com arimbos, rolhas de cortiça, esponjas...)
         MODELAGEM: barro, pasta de papel, madeira, plasticina, massas de cor...
         TÉCNICAS DE PINTURA
         TÉCNICAS DE DESENHO
         TÉCNICAS DE COLAGEM (diferentes materiais)
         EXPRESSÕES CORPORAIS

PARA DESENVOLVER ESTAS ATIVIDADES É NECESSÁRIO ...
1. Entusiasmo: motivar as crianças;
2. Empatia: compreender as crianças, colocar-se no lugar delas;
3. Atitude construtiva: ser positivo, demonstrar seriedade, comentários positivos;
4. Ter espírito de adaptação;
5. Organizar o espaço;
6. Possuir uma grande variedade de atividades / jogos / brincadeir;
7. Planificar e preparar os jogos / atividades /  brindadeiras com antecedência;
8. Apresentar os jogos / atividades / brincadeiras com clareza;
9. Observar e acompanhar as crianças durante os jogos / atividades / brincadeiras

OBJETIVOS ESPECÍFICOS DA PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

* DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA PERSONALIDADE NOS ÂMBITOS MOTOR, COGNITIVO E AFETIVO;

DESENVOLVER:

- AUTONOMIA, SOCIALIZAÇÃO, AUTO-CONFIANÇA E EXPRESSÃO VERBAL
- COGNIÇÃO, CRIATIVIDADE
- ATENÇÃO, CONCENTRAÇÃO, INTERESSE
- MOTRICIDADE GLOBAL - AMPLA E FINA
- ORGANIZAÇÃO MENTAL E ESPACIAL E TEMPORAL
- ESQUEMA CORPORAL, LATERALIDADE E EQUILÍBRIO
- PERCEPÇÕES TÁTIL / GUSTATIVA / OLFATIVA / VISUAL / AUDITIVA


22 de mai de 2011


ATIVIDADES PARA IMPRIMIR
QUE
DESENVOLVEM:

* Criatividade;
* Grafismo;
 * Motricidade Fina;
* Noções de Matemática;
* Percepção Espacial;

 Escolha as Atividades e baixe para imprimir:

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR

Em breve estarei postando jogos, brincadeiras e músicas relacionadas às festas juninas.
 

21 de mai de 2011


DESENVOLVER: SOCIALIZAÇÃO / LINGUAGEM / 
COORDENAÇÃO VISOMOTORA / MOTRISIDADE AMPLA 
/ COGNIÇÃO

TAREFAS PARA DESENVOLVER A COGNIÇÃO

* Professor ordena que o aluno procure objetos que estão fora da sua
linha de visão;
* Discriminar semelhanças e diferenças em objetos;
* Folhear livros e revistas;
* Montar e desmontar brinquedos; perceber partes e todo em um objeto
 (em gravuras, desenhos...);
* Brinquedos de encaixe;
* O professor poderá utilizar-se da TV-sucata para desenvolvimento da
 linguagem;

ATIVIDADES MOTORAS

# Arremessar saquinhos de areia;
# Chutar bola;
# Dançar e/ou cantar;

JOGO FUTEBOL LEGAL

Objetivo: Estimular a socialização e o desenvolvimento da motricidade ampla;
Jogar:
* Formação alunos em duplas para jogar futebol, até os goleiros;
* Todos de mãos dadas para jogar;
Obs: este jogo proporcionará ao aluno com autismo a aprender o que deve
fazer para jogar, quais são os procedimentos e como se organizar. Sendo
que desta forma ele fará a associação de como se joga futebol.


JOGO UM A UM – Trabalha Discalculia

# Objetivo: Promover ao aluno autista a socialização, aquisição de novos
 conceitos e registrá-los e desenvolver a coordenação visomotora;
# Material: 1 caixa de sapato; 10 tampas de garrafas ou botões; 1 lista dos números de1 a 10; e 1 pregador;


MODELO DE LISTA PARA IMPRIMIR - clique aqui 

Jogar:
- Formação em duplas;
- Um aluno fica com a caixa, o outro com as tampinhas, a lista dos números
 e o pregador;
- O aluno joga a tampa e tenta acertar dentro da caixa, quando acertar, ele pega
o pregador e fixa no numeral 1 da lista, continuar jogando as tampas até
marcar
o número 10 da lista;
- Depois do término, os alunos trocam de papéis, quem era jogador de
 tampas vira responsável pela da caixa.

OBS: apliquei este jogo com uma criança que apresenta discalculia,
constatei que é um ótimo recurso para desenvolver a noção de numeral
 e conservação da quantidade. Esta é um ótimo jogo para o período da
Alfabetização.

15 de mai de 2011


TÚNEL ESCURO

Material: um lenço e 2 cordas de 3m cada uma;
* Estender as cordas paralelas no piso ou riscar com giz
(1m de distância uma da outra), para marcar o túnel;

* Formação em fila, o professor vendará o 1º aluno da fila,
que depois de observar o ‘túnel’, tentará atravessar o túnel sem
desviar da rota, se não conseguir volta a fila e tenta noutro momento.

Obs: Esta brincadeira trabalha também o equilíbrio e orientação.

FANTASMA

Material: um lençol;
# O orientador escolhe 5 alunos para saírem da sala de aula, um
representante do grupo que saiu, coberto totalmente pelo lençol, 
ao sinal entra na sal;

#Os alunos da sala procuram descobrir de quem se trata o ‘fantasma’,
ele ficará na sala 1 ou 2 min. Se não for identificado, sai para ser
substituído por outro;

# Quem descobrir ganha um ponto.


13 de mai de 2011

UM OLHAR PSICOMOTOR I – Lateralidade


O educador deve ficar atento em relação a lateralidade de seus alunos, pois não pode afirmar que um aluno é destro ou canhoto apenas realizando algumas atividades em um ou dois dias.
As atividades deste tipo precisam ser realizadas várias vezes ao ano e em momentos diferentes.  
As crianças através das atividades, brincadeiras e jogos, irão progressivamente definir o lado dominante de suas ações.

DICA IMPORTANTE:
Até os 6 anos de idade, a criança não verbaliza ou discrimina sozinha os conceitos de direita e esquerda, portanto deve-se tomar cuidado com a utilização destes termos. Para as crianças de 3 a 5 anos de idade é melhor falar: desloquem-se para um lado, agora para o outro; pular com uma perna depois com a outra, e assim por diante.

                                                                                         Professora Carminha.




* Formação aos pares e dançar como a dança do pézinho.
* Cantar 2 vezes cada estrofe;

 A dança da formiga
 Foi o anjo que ensinou.

O anjo foi embora
E a dança é que ficou.

Dois Patinhos na Lagoa

Música em mp3 para baixar 

* Grupo de 3 alunos = 2 serão os patinhos e 1 será a minhoca;
* Cantar com a melodia do “Pintinho Amarelinho”;
* Formação como a brincadeira ‘cada macaco no seu galho’,
ao cantar o refrão a minhoca entra no círculo formado
 pelos 2 pintinhos, dramatizar a canção...
* Trocar de minhoca até todos participarem.

Canção: 
Dois patinhos na lagoa,
Começaram a nadar, a nadar,
Quando veio uma minhoca,
Começaram a puxar.

[refrão cantar 2x]
Puxa pra cá
Puxa pra lá
Cuidado pra minhoca
Não arrebentar.

Dança da Chuva

Música em mp3 para baixar 

* Formação em círculo; Cantar...

Chuva vai   (p/frente)
Chuva vem (p/trás)

(circular batendo palmas)
Chuva miúda não molha ninguém.

Cai chuva, cai lá do céu      (p/frente)
Cai chuva, no meu chapéu. (p/trás)





10 de mai de 2011


Preparação:
- Dividir a turma em 2 grupos com nº igual de integrantes;
- Cada grupo escolhe um dinossauro e desenha bem grande
 (+ que 30cm) em um papelão, recortar e colorir – na turma
de pré-escola o recreador trás o dinossauro pronto ou desenhado
 para as crianças colorirem;
Modelos de desenho dos dinos:



Brincar:
* O dinossauro será o tesouro do grupo, que o grupo adversário
 tentará capturar;
* O recreador marca com uma corda ou risco no chão a separação
entre os grupos, os participantes se posicionam na frente do dinossauro
 para protege-lo.
* Para iniciar a brincadeira todos gritam: “Um, dois, três e ...
Pique-dinossauro”!
Os integrantes dos dois grupos tentam, ao mesmo tempo,
 invadir o espaço adversário, capturar o dinossauro e voltar
 para o grupo;
* É preciso ser ágil e rápido, porque o invasor que for preso
será eliminado.

VARIAÇÃO: - RAPITORES DE DINOSSAUROS
 (ampliada e desenvolvida pela Professora Carminha)

#Formação em círculo, 5 alunos escolhido pelo recreador serão
os raptores dos 2 dinossauros, que estarão no centro do círculo.
 #Os raptores do lado de fora do círculo procuram entrar para
 capturar os dinossauros e os protetores de mãos dadas procuram
 impedir.
#Quando um dos raptores conseguir entrar no círculo e pegar os
dinossauros, deverá alcançar para os que estão de fora, se conseguir,
 serão escolhidos outros raptores para recomeçar a brincadeira.


8 de mai de 2011


 Identificar e diferenciar através do tato, objetos e superfícies (ásperas,
 lisa, frio, quente, fino, grosso,etc).
A criança que possui esta capacidade pouca desenvolvida apresentará
 problemas de:
a) dificuldade de reconhecimento dos objetos apenas pelo tato;
b) pouca habilidade para práticas de trabalhos manuais;
c) dificuldade de realizar tarefas que exijam coordenação das mãos
 no manuseio de objetos, fazendo com que os mesmos caiam constantemente.

TAREFAS
* Transportar pequenos objetos na palma da mão;
* Armar quebra-cabeças simples estando de olhos vendados;
* Identificar a textura de diversos objetos de ed. Física estando com
 os olhos vendados;
* Fazer objetos de argila ou massinha de modelar;
* Reproduzir verbalmente a característica de um objeto escondido, que
o aluno esta sentindo nas mãos; (caixa surpresa)- esconder objetos em uma
caixa que tem somente um orifício para entrar a mão;
* Andar descalço de diversas maneiras e superfícies diferentes;



A brincadeira “IMITAR FIGURAS”, foi ampliada e desenvolvida pela Professora Carminha no dia 05/05/2011, com a turma do 1º Ano.
Observou-se que as crianças se divertiram muito. Pois, a brincadeira proporcionou espaço para o movimento e principalmente para o agir coletivo. Foi visível no olhar das crianças a alegria e satisfação em brincar.
Um olhar pedagógico da professora, observou-se que a turma é unida e argumentam para solucionar as situações problemas que a brincadeira “O viajante e as estatuas” proporcionou.
È muito importante a visão pedagógica do professor/recreador quando realiza uma atividade, jogo ou brincadeira com seus alunos, bem como, o registro das observações, pois, através dessas atividades o professor terá um diagnóstico de como está sua turma em termos afetivo, cognitivo e o desenvolvimento motor.

IMITAR FIGURAS II
 
Materiais: figuras de pessoas em movimento coladas em cartão (quantidade maior que o nº de alunos), um ápito – brincar em espaço amplo (quadra ou gramado).

Brincar:
* O porfessor/recreador distribui pelo espaço as figuras, de modo a ficarem umas longe das outras, em forma de círculo.
* Os alunos dispersos no meio do espaço marcado pelas figuras seguem ordens do recreador, por exemplo:
- ‘correr com as mãos na cabeça’;
- ‘pular com os pés juntos’;
- ‘andar com uma mão na cintura e a outra na cabeça’;
- ‘andar em 4 apoios’;
- andar de cócoras e mãos para cima’;
- ‘pular num pé só de olhos fechados’;
Obas: o recreador usa de sua criatividade para criar outras ordens;
* A criança executa uma ordem de cada vez, quando ouvir o som do apito se dirige a uma figura e virá estatua até o recreador dar nova ordem e assim por diante.

O VIAJANTE E AS ESTATUAS

# Alunos dispersos pelo pátio, o recreador apita e grita um nº ex: 3 (trio), as crianças deverão se reunir em grupo de 3 alunos (foi bem legal a discussão, quando sobrou um aluno sozinho, e como eles solucionaram a situação);
# O recreador passa com os cartões de figuras voltados para baixo, para cada grupo sortear a sua figura, que irão imitar;
# logo após o recreador sai ‘viajar’ e passa pelos grupos ‘bate’ na ‘porta’, os alunos do grupo perguntam:
-“quem é?”
-“Sou um viajante”. (recreador)
-“O que você quer”? (alunos)
-“Estatuas”. (recreador)
# Todos os alunos do grupo viram estátuas (imitam a figura que está no chão); o recreador aplaude as estatuas e vai para outro grupo.
# Depois de todos os grupos participarem as crianças se dispersam, o recreador ápita e diz outro nº , as crianças formam outros grupos, e assim continua a brincadeira.

VARIAÇÃO: 1 aluno poderá ser o viajante ou um  grupo....

4 de mai de 2011


ESTÁTUA DE PAPEL

Andar pelo espaço – o animador diz “ESTÁTUA”, todos param,
 sem se mexer;
Quando o animador chegar perto da ‘estátua’ e assoprar,
ela deverá cair de leve no chão.

RÁPIDO E DEVAGAR

* Marcar 2 linhas no chão a distancia de 5m uma linha da outra;
* Alunos dispostos em coluna lado a lado;
* De 4 em 4 alunos, deslocar-se de uma linha a outra de acordo com
os comandos :
-  andar rápido de uma linha a outra, ao som do apito parar;
-  quando o orientador cantar deverá andar bem devagar de uma
 linha a outra, ao som do apito parar;
-  quando o orientador bater palmas pular de uma linha a outra,
 ao som do apito parar;
VARIAÇÃO: pular com um pé só; andar de lado, correr de costas...

BRINCAR DE ROBÔ

Dramatizar: o orientador narra a cena;
# Somos todos robôs;
# Nosso dono esqueceu de colocar óleo, pouco a pouco nos
tornamos completamente imóveis;
# O dono coloca óleo nos robôs, pouco a pouco retornam
 os movimentos;

VARIAÇÃO:
Uma criança é o robô, e seu parceiro, o guia.
Auxiliados pelo orientador, eles devem estabelecer sinais para a
 movimentação do robô.
Por exemplo, se o guia tocar a orelha do robô, ele deve virar para o
lado que foi tocado; se tocar o alto da cabeça ele deverá se abaixar e
assim por diante.
Deslocamento, as duplas combinam os sinais para a movimentação,
 por exemplo, Um toque na parte de trás da cabeça pode ser um sinal
 para que o robô vá adiante; um toque nos ombros servirá para que o
 robô pare.

3 de mai de 2011


IMITAR FUGURAS

A professora confecciona com antecedência o material:
recortar figuras que tenham pessoas em movimento, colar

 em cartão e espalhar pela sala de aula. Obs: fazer figuras de

 acordo com o número de alunos ou para mais.


 




* Brincar na sala de aula: ao som de uma música as crianças

 caminham ou dançam pela sala, quando a música parar o aluno

deverá imitar a figura que está mais próximo;







* 1ª VARIAÇÃO: a professora mostra uma das figuras para os
alunos e eles deverão imitar e assim por diante.





* 2ª VARIAÇÃO: brincar no pátio, colocar as figuras espalhadas no chão,
as crianças podem andar correndo ou pulando, ao som do ápito parar e
imitar a figura mais próxima;






DINÂMICAS PARA O DIA DAS MÃES


Dinâmica das Varinhas
Material a ser usado: Um feixe de 16 varinhas (pode-se usar palitos de
churrasco)
Objetivo: União do grupo. A fé como força que pode agregar, unir e dar
resistência às pessoas
* Pedir que um dos participantes pegue uma das varinhas e a quebre. (o que
fará facilmente).
* Pedir que outro participante quebre cinco varinhas juntas num só feixe
(será um pouco mais difícil).
* Pedir que outro participante, quebre todas as varinhas que restaram, se
não conseguir, poderá chamar uma outra pessoa para ajudá-lo.
* Pedir que todos os participantes falem sobre o que observaram e
concluíram.
* Terminar com uma reflexão sobre a importância de estarmos unidos                                 Professores e Mães pela educação das crianças.

Dinâmica: Duas máscaras

Material: Folhas em branco, Canetas ou hidrocor,
Barbante de 50 cm, Tesoura.
Desenvolvimento : Cada participante recebe um
folha em branco. Em cada lado da folha desenha
uma máscara e escreve :
Lado 1 : Aquilo que acha que é. ( alegre, triste, feio, bonito. ) ( Como me vejo )
Lado 2 : Escreve como os outros me vêem. ( 3 aspectos como os outros me vêem. )
Colocar a máscara no rosto do lado "como me
vejo". Circular pelo ambiente lendo o que está
escrito na máscara dos outros e deixando que as
pessoas leiam o que está escrito na sua.
Após um tempo, muda-se o lado da máscara e
continua a circular, se conhecendo.
Partilhar em grupo como cada um acha que é, o que
os outros acham, etc...


Dinâmica: AFETO

- Participantes: 7 a 30 pessoas
- Tempo Estimado: 20 minutos
- Modalidade: Demonstração de Afeto.
- Objetivo: Exercitar manifestações de carinho e afeto.
- Material: Um bichinho de pelúcia.
Descrição: Após explicar o objetivo, o coordenador pede para que
todos formem um círculo e passa entre eles o bichinho de pelúcia, ao
qual cada integrante deve demonstrar concretamente seu sentimento
(carinho, afeto, etc.). Deve-se ficar atento a manifestações verbais
dos integrantes. Após a experiência, os integrantes são convidados a
fazer o mesmo gesto de carinho no integrante da esquerda. Por último,
deve-se debater sobre as reações dos integrantes com relação a
sentimentos de carinho, medo e inibição que tiveram.

Dinâmica: COMUNICAÇÃO GESTICULADA

- Participantes: 15 a 30 pessoas
- Tempo Estimado: 30 minutos
- Modalidade: Comunicação Gestual.
- Objetivo: Analisar o processo de comunicação gestual entre os
integrantes do grupo.
- Material: Aproximadamente vinte fichas com fotografias ou desenhos
para serem representados através de mímicas.
- Descrição: O coordenador auxiliado por outros integrantes deve
encenar através de mímicas (sem qualquer som) o que está representado
nas fichas, cada qual em um intervalo de aproximadamente um minuto.
Os demais integrantes devem procurar adivinhar o que foi
representado. Em seguida, deve-se comentar a importância da
comunicação nos trabalhos e atividades do cotidiano, bem como do
entrosamento dos integrantes do grupo para que juntos possam até
mesmo sem se comunicar entender o que os outros pensam ou desejam
fazer.


MAIS DINÂMICAS PARA O DIA DAS MÃES (Clique aqui)

MÚSICAS SOBRE MÃE (Clique aqui) 

DIA DAS MÃES - Canções e Atividades para Imprimir (Clique aqui) 




;;