28 de ago de 2011

TAREFAS E MÚSICAS de Esquema Corporal


EXERCÍCIOS DA POSIÇÃO EM PÉ

# A criança fica em posição ereta, apoiando todo o seu corpo contra uma parede.
# Parar em frente a um espelho e comprovar que seu corpo é perfeito, comprovar se está reto ou não colocando uma caixinha na cabeça.
# Estando parado tentar ‘crescer’; esticar-se o máximo possível.
# A criança deve apoiar-se sobre a planta dos pés e, em seguida, alternar os apoios sobre os calcanhares e as pontas dos pés.
# Trabalhar os diferentes posicionamentos dos pés: pode ficar com os pés separados, com os pés juntos, com as pontas dos pés para dentro ou com as pontas para fora.
# Exercícios de pé, com as pernas em diferentes posturas; as pernas podem ser abertas ou fechadas, com uma das pernas para frente ou para trás, etc.
# OBS: todos os exercícios devem ser realizados posteriormente, combinando diferentes posições dos braços: podem ficar para cima, à frente, atrás da cabeça, etc.

EXERCÍCIOS DA POSIÇÃO SENTADA

Para criança ter consciência da posição sentada passa pela variação dos lugares onde poderá sentar e da posição que os membros inferiores adquirem”.

* A criança deve experimentar diferentes locais onde possa sentar-se: uma cadeira, no chão, um banquinho alto, uma almofada, uma mesa, um tijolo, um muro, etc.
* Em cada local onde podemos sentar, devemos descrever como se posicionam as pernas e seus braços: se os pés estão pendurados, se tocam o chão, etc.
* Orientar a maneira correta de sentar, ou seja, a coluna vertebral deve estar sempre perpendicular ao suporte utilizado para sentar-se.

Músicas para baixar
OBS:
“Aqui estão algumas músicas que eu trabalho com as minhas crianças, elas adoram. É importante, frisar que a professora e as crianças devem procurar desenvolver movimentos rítmicos e harmoniosos do corpo, em relação à letra (dramatizar) e a melodia da canção”. Professora Carminha.
 Clique nos títulos para baixar.





ESTRATÉGIAS:
Obs:
“Devemos considerar que a memória visual é crucial na aprendizagem da lectoescrita, portanto deve ser estimulada na Ed. Infantil. Preparar a criança para a alfabetização”. Professora Carminha.

* Apresentar às crianças objetos de uso comum, por ex: apontador, lápis, régua, borracha, etc. Pedir que observem os objetos e em seguida fechem os olhos. Escondem-se os objetos, pede-se a elas que abram os olhos e nomeiem os objetos. Variação: aumentar a dificuldade com um nº maior de objetos de acordo com a idade da criança. 
* Com o uso de fotos ou gravuras de objetos familiares começando com 2 ilustrações e chegando até 5. A criança deverá nomear os objetos da esquerda para a direita, retira-se as gravuras e pede-se à criança que as nomeie na mesma ordem. Variação: o mesmo exercício, porém apresentar as gravuras em separado sem nomeá-las. Pede-se à criança que as memorize e ao final nomeie os objetos representados.
* Cartões com linhas verticais coloridas.
Pedir à criança que reproduza a sequência com palitos ou canudinhos de refri, Ter atenção a sequência correta das cores.
* Apresentar, durante um determinado tempo, as ilustrações abaixo como exemplo. Sendo que a professora, poderá criar as suas próprias ilustrações.
A criança deverá reproduzir cada cartão na forma gráfica.

* Apresentar cartões (ver modelo abaixo) com letras. Pede-se que o aluno reproduza no papel. A quantidade de letras pode ir aumentando de acordo com a idade.




JOGO DO DESPERTADOR - sala de aula

Material: um relógio despertador que faça ‘tic-tac’;
* Um aluno deverá sair da sala de aula e os demais colegas devem esconder o relógio;
* A criança que está fora da sala é chamada para procurar o relógio, seguindo o som;
* Para ficar mais divertido colocar o alarme para tocar depois de 3 min de procura;
* Repetir o jogo até todas as colegas participarem.

1, 2, 3, PARE OUTRA VEZ – no pátio

* Formação: perto de uma parede, a 8m da parede será marcada uma linha (corda) horizontal paralela à parede;
* Uma das crianças ficará olhando a parede com as nela, dirá: ‘1,2,3, pare outra vez’;
* Enquanto diz isso, as demais crianças que estavam paradas sobre a linha devem avançar à frente, avançar  enquanto a criança estiver de costas, quando acabar a frase as demais deverão parar, dando as costas à criança; esta irá virar para olhá-los e, se vir algum em movimento, manda-o para a linha de saída outra vez;
* Em cada jogada as crianças devem ir avançando até que consigam tocar as costas da criança que está contra a parede; ao ser tocada a criança deve voltar-se e perseguir algum dos jogadores antes que estes cheguem à linha de saída; o que for pego será o que continuará o jogo.

MAR E TERRA – sala de aula ou pátio
 
Momento de Jogo Simbólico

* Desenhar no chão uma linha com giz / fita adesiva ou corda;
* As crianças ficam à esquerda da linha, a professora diz: “Agora vocês estão no mar... Onde vocês estão?” As crianças respondem ‘no mar’;
* A professora explica que quando disser TERRA todos deverão pular com os pés juntos para o outro lado;
* Então a professora irá dizendo mar, terra, terra...Os que se equivocarem serão eliminados.   

VOAM, VOAM – sala de aula

# Este jogo consiste em discernir entre animais e objetos que podem voar e os que não podem;
# A professora dirá o nome de um animal ou objeto; se voa, as crianças devem dizer:’voa, voa’... Se não voa devem dizer: ‘não, não voa’.
# VARIAÇÃO;
- utilizar outros distintivos como pode ser comido ou tomado, nada ou não nada, etc;
- utilizar outro tipo de respostas como levantar-se e sentar-se. 
  
 JOGO DE CORRENTE – sala de aula

* Seguir a ordem na qual as crianças normalmente sentam, pede-se à primeira criança que diga uma palavra;
* O colega que esta ao seu lado deve dizer uma palavra que comece com a última letra da palavra dita pelo seu colega e assim sucessivamente;
* Quando alguém se equivocar ou repetir uma palavra pode ser eliminado ou pagar prenda. 

“Realizei estes jogos com o 2º ano e constatei que são ótimos para exercitar a atenção dos educandos. Além de que, é um recurso de grande relevância no período da alfabetização”. Professora Carminha.


26 de ago de 2011

HISTÓRIAS DO FOLCLORE EM AUDIO

Negrinho do Pastoreio Baixar

Perigosa Iara Baixar

Curupira o danadinho Baixar

Saci Pererê Baixar
 

15 de ago de 2011


PEZINHO - Região Sul e Sudeste

Ai bota aqui
Ai bota ali o seu pezinho
O seu pezinho bem juntinho com o meu.

Ai bota aqui
Ai bota ali o seu pezinho
O seu pezinho bem juntinho com o meu.

E depois não vá dizer
Que você se arrependeu
E depois não vá dizer
Que você já me esqueceu.


***      Alunos ficam em fileiras, frente a frente com seu par.
* Ai bota aqui; [colocar a ponta do pé direito para frente]
* Ai bota ali; [colocar a ponta do pé direito para trás]
* o seu pezinho; [bater 3x o pé direito ao lado do esquerdo]
* O seu pezinho; [colocar a ponta do pé esquerdo para frente]
* bem juntinho; [colocar a ponta do pé esquerdo para trás]
* como o meu; [bater 3x o pé esquerdo ao lado do direito]
* e depois não vá dizer; [os pares entrelaçam o braço direito e giram no sentido horário]
* que você se arrependeu; [os pares entrelaçam o braço esquerdo e giram no sentido anti-horário]
* e depois não vá dizer; [os pares encontram-se no meio e cumprimentam-se]
* que você já me esqueceu; [retornam aos seus lugares]

PEIXE VIVO - Região Sudeste e Centro-Oeste

Como pode um peixe vivo
Viver fora d’água fria
 Como pode um peixe vivo
Viver fora d’água fria.

Como poderei viver,
Como poderei viver
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia
Sem a tua, sem a tua
Sem a tua companhia.

Ø      Formar um círculo, frente voltada para centro;
* 1ª estrofe:
- Saltitar 4 tempos para o centro do círculo, com os braços elevados acima da cabeça e, abaixando os braços, retornar em 4 tempos;
* Refrão:
- De mãos dadas, rodar o círculo 4 passos para a direita, 4 passos para a esquerda. Andar dois passos para o centro e dois passos de volta ao lugar.

BALAIO – Região Sul...

Eu queria ser balaio
Balaio eu queria ser
Pra andar pendurado
Na cintura de você

[Balaio meu bem, balaio sinhá
Balaio do coração
Moça que não tem balaio sinhá
Bota a costura no chão.]2X Estribilho

 Mandei fazer um balaio
Pra guardar meu algodão
Balaio saiu pequeno
Não quero balaio não.

[Estribilho] ...


***      Formar 2 círculos concêntricos: cavalheiros no círculo de fora, aos pares com as damas, que devem ficar no círculo de dentro. Damas seguram as saias e cavalheiros ficam de mãos para trás.
* 1º estrofe:
- Damas e cavalheiros entrelaçam o braço direito e  giram no sentido horário;
- damas fazem o sarandeio;
- cavalheiros fazem o sapateio;
- damas e cavalheiros entrelaçam o braço esquerdo e  giram no sentido anti-horário.
* Estribilho – repetir:
- As damas fazem o sarandeio (passo no lugar, movimentando o tronco de um lado para o outro);
- os cavalheiros sapatearão marcando o ritmo;
- os passos são feitos no lugar.
* 2º estrofe:
- Damas, de mãos dadas, giram o círculo dando 4 passos para a direita e retornam 4 passos até seu parceiro.
- Cavalheiros giram o círculo dando 4 passos para a esquerda e retornam 4 passos até sua parceira.
* Estribilho:
- Os pares desmancham o círculo e formam uma coluna.
- cavalheiros seguram na cintura das damas e ambos vão se retirando do local.

13 de ago de 2011

MÚSICAS SOBRE O FOLCLORE

O LOBISOMEM

SACI PERERÊ UMA PERNA SÓ

SACI PERERÊ Ô,Ô

SACI BRASILEIRO
CAIPORA E IARA

MÚSICA DE ADIVINHAS
MÚSICA DE TRAVA LÍNGUA

;;