4 de jun de 2011



PERCEPÇÃO FIGURA-FUNDO

              É a capacidade que temos de percebermos entre diversos objetos apenas aquele que nos interessa. Ou seja, capacidade para diferenciar o essencial do periférico com a finalidade de focar a atenção num estimulo concreto. É importante compreendermos que só percebemos com clareza as coisas que nos chamam a atenção.
              Sendo assim, entendemos que o cérebro seleciona, entre a massa de estímulos que recebe, um número limitado e os transforma no seu centro de atenção. Por exemplo, uma criança que está agarrando uma bola tem sua atenção fixada nela; isso é a “figura” que ela percebe, enquanto que, o que fica atrás em seu campo visual, o fundo, não é o foco da sua atenção sendo percebido superficialmente.
              Então, para que um objeto seja percebido com exatidão, deve ser visualizado em relação a seu fundo. Observa-se que, as crianças com dificuldade de diferenciação figura-fundo costumam ser desatentas e desorganizadas, pois, para elas, é difícil focar a atenção só no que é relevante, dificultando assim a sua aprendizagem.
              No entanto, atividades, jogos e brincadeiras que proporcionam o desenvolvimento da percepção figura-fundo, auxiliam a criança no período da alfabetização. Pois, ela necessita desenvolver essa habilidade para distinguir as formas dos sinais gráficos, bem como, a capacidade de se concentrar e se organizar para obter sucesso na aprendizagem.        
             
Jogo de imitar fotos de revistas

TAREFAS:
* Mostrar um objeto de madeira, por exemplo, e pedir que os alunos mostrem na sala tudo o que for de madeira;
* Procurar um botão quadrado no meio de botões redondos;

Professora Carminha

1 comentários:

Patrícia Botelho de Souza disse...

boa tarde, gostei mto do seu blog. estou procurando mtas informações para trabaçhar com meu filho de 8 anos que está com dificuldades na escola ( leitura) devido a alterações no processamento auditivio)THDA.
vou utilizar suas atividades em casa. um abraço, Patrícia.

Postar um comentário