23 de dez de 2010

O JOGO NA VISÃO DE ALGUNS TEÓRICOS

  O jogo desempenha papel importante no desenvolvimento total da criança.
O brinquedo promove o crescimento espiritual, físico, mental, social e emocional da criança.
* Teoria Psicogenética de JEAN PIAGET, encara o jogo ao mesmo tempo como expressão e condição do desenvolvimento da criança. O jogo é um verdadeiro marco da evolução cognitiva da criança.
* Teoria Psicanalítica de FREUD, o jogo tem correlação com outras atitudes fantasiosas da criança e, especialmente, com o sonho. Assim, a função essencial do jogo seria reduzir as tensões nascidas das impossibilidades de realizar os desejos, mas ao contrário do sonho, o jogo está baseado numa transação constante entre os impulsos e as regras, o imaginário e o real.

Meus alunos jogando
* SCARF, o brinquedo é o processo educacional mais completo da mente, é um artifício engenhoso da natureza para assegurar que cada indivíduo adquira conhecimento e sabedoria. O brincar é espontâneo, é criativo, é uma atitude desejada e realizada por si mesmo.
* BRUNER, “brincar é um negócio sério”, é provavelmente o negócio mais sério da infância e o adulto não deveria apenas respeitá-lo, como encorajá-lo e propiciá-lo em todas as circunstâncias.
 * FRANK, pois de fato, “brincar é o modo como à criança aprende o que ninguém lhe pode ensinar”.
* VYGOSTSKY, brincar é fundamental para a aprendizagem da escrita e da leitura.

             Professora Carminha 

                                                                                                                       

0 comentários:

Postar um comentário